Search
  • IMU - Imagens Melódicas Urbanas

Amazonas Filarmônica e Coral do Amazonas

Peças chaves no cenário cultural da região e do país

Amazonas Filarmônica


Com regência de Luiz Fernando Malheiro, a Amazonas Filarmônica é reconhecida como uma das mais atuantes orquestras brasileiras. Sua criação, em setembro de 1997, foi essencial para a política de formação artística do Estado, pois possibilitou a vinda de músicos estrangeiros de alta qualidade técnica para ministrar aulas e capacitar os artistas amazonenses, o que permitiu a realização de eventos internacionais, como o Festival Amazonas de Ópera (FAO), do qual é a orquestra oficial. 

Sua primeira formação contou com 44 músicos, sendo somente dois amazonenses. Atualmente, a orquestra tem 76 músicos, sendo 21 amazonenses e 55 de diversas nacionalidades. O repertório da orquestra é extremamente amplo e variado, abrangendo todos os períodos da história da música e seus mais diversos compositores.


(texto disponível em: https://cultura.am.gov.br/portal/orquestra-amazonas-filarmonica).


Coral do Amazonas


Criado em 1997 para atender ao Programa de Música Erudita e Artes da Secretaria de Cultura, o Coral do Amazonas é considerado o grupo mais tradicional do Estado. Até 2016 o coro atuava sob a denominação de Coral do Teatro do Amazonas e, para fazer parte de um Corpo Artístico oficial do Estado, seus integrantes participaram de uma seleção pública. A primeira formação do Coral do Amazonas contou com 49 coralistas profissionais, sendo 31 do antigo grupo. Durante 20 anos, o Coral foi dirigido pelo maestro Zacarias Fernandes e, no início de 2018, passou a ter direção musical do maestro Otávio Simões. Atualmente, o coro é composto por 64 cantores, sendo 17 sopranos, 17 contraltos, 15 tenores e 15 baixos, além de dois pianistas, um maestro assistente e um preparador vocal. Alguns desses profissionais atuam no coro desde a primeira formação.


(texto disponível em: https://cultura.am.gov.br/portal/coral-do-amazonas).




2 views

© 2019 by LMHermsdorff/Amnic